WordPress: 5 comandos do MySQL que você ainda vai precisar

WordPress – 5 Comandos do MySQL que você ainda vai precisar

Pela interface administrativa do WordPress é possível fazer muitas das tarefas necessárias para deixar seu site rodando com boa performance (eliminando posts antigos, comentários, revisões, etc…).

Entretanto, para algumas tarefas é muito mais rápido rodar um comando no MySQL. Além disso, se você for desenvolvedor, mais cedo ou mais tarde terá que estudar a estrutura interna do WordPress e familiarizar-se com a modelagem dos dados no MySQL.

Separei alguns comandos que eu precisei usar diversas vezes na administração do WordPress e que eu acho que vão te ajudar também. Se você tiver outros que usa com frequencia, comente aí ok?

Antes de irmos para o que interessa, deixa eu ser bem enfático:
FAÇA UM BACKUP DO SEU BANCO ANTES DE EXECUTAR ESSES COMANDOS!


APAGAR COMENTÁRIOS EM LOTE

Caixa de comentários lotada de spam? Apagar um por um pode levar horas. Eu sei, eu sei, melhor seria usar um plugin para que isso não ocorresse, mas se ocorrer, use o comando abaixo:


APAGAR REVISÕES

Quem precisa guardar as últimas 300 revisões de uma página ou post? Quando estamos em tempo de design é comum salvarmos inúmeras vezes, acumulando revisões totalmente desnecessárias.

Num pequeno blog ou site pode não fazer diferença, mas se o projeto crescer para centenas de postagens você pode perder performance à toa. Use isso:


DESABILITAR TODOS OS PLUGINS

Se você trabalha com o WordPress há algum tempo já deve ter instalado um plugin que levou à famosa ‘tela branca’ (aquela que não dá nenhuma pista do erro e trava seu WordPress completamente).

Desabilitar os plugins com esse comando pode devolver seu acesso ao WordPress para que você possa identificar o plugin que causou o erro.


ALTERAR URLS DO WORDPRESS AO MUDAR DE HOSPEDAGEM

Se você já fez pelo menos uma instalação ou migração do WordPress ja se deparou com o velho problema de URLs quebradas certo? Isso acontece porque o WordPress salva no MySQL a URL inteira que você está usando em desenvolvimento.

Por exemplo, se a sua URL é http://yourdomain.com deverá trocar para http://seusite.com.br quando for instalar. Para alterar todas as URLs pelas novas, use o seguinte:

Atenção:

Dependendo dos plugins que você tem instalado no WordPress, trocar as URLs via MySQL pode não ser suficiente. Se isso acontecer pode ser uma boa alternativa usar um plugin de backup do WordPress como o Duplicator e o All In One.


USUÁRIO ADMIN BLOQUEADO

Na hora que você mais precisa alterar seu site ficou bloqueado do lado de fora? Isso pode ocorrer por muitas razões diferentes, por isso é fundamental saber recuperar seu acesso administrativo o mais rápido possível.


Sua vez!

Outros comandos que você usa com freqüência ou gostaria de ver por aqui? Comente aí!

Um grande abraço!

Loremar Guimarães

adwords-scripts-contato-loremar-guimraes-175x175

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *